[GER-BI] 18.1 – Apostila

INTERAÇÕES ECOLÓGICAS

As associações entre os seres vivos podem ser classificadas em harmônicas (sem nenhum prejuízo para nenhuma das espécies) ou desarmônicas (quando pelo menos uma das espécies é prejudicada).

 

1) Relações Harmônicas Intraespecíficas:

Ocorrem entre indivíduos de mesma espécie, e podem ser do tipo:

a) Colônias

Animais permanecem grudados uns aos outros após reprodução assexuada por brotamento. Ex.: corais.

 

b) Sociedade:

Populações formadas por indivíduos isolados que se associam com a divisão de trabalho em castas sociais. Ex.: formigas, abelhas, macacos.

 

2) Relações Harmônicas Interespecíficas:

Ocorrem entre espécies diferentes. Podem ser:

a) Mutualismo

Quando ambas as espécies se beneficiam. Ex.: plantas leguminosas e bactérias fixadoras de nitrogênio, micorrizas, líquens, cupins e protozoários, mamíferos rumi­nantes e protozoários.

 

b) Protocooperação

Quando ambas as espécies se associam, mas não é indispensável à sobrevivência delas. Ex.: carangue­jo eremita e anêmona, gado e anu, pássaro palito e crocodilo.

 

c) Comensalismo

Quando um animal comensal se alimen­ta dos restos alimentares de outros, sem prejudica-lo. Ex.: rêmoras e tubarões.

 

d) Inquilinismo

Quando vivem sobre os outros ou dentro de outros organismos, sem prejudica-los. Ex.: plantas epífitas (orquídeas, bromélias).

 

3) Relações Desarmônicas Intraespecíficas:

Relação de organismos de mesma espécie onde há o prejuí­zo de pelo menos um deles. Podem ser:

a) Competição

Seres da mesma espécie ocupam o mesmo ni­cho ecológico e competem por alimento, espaço, etc. Ex.: leões.

b) Canibalismo

Animais comem os de sua própria espécie, geralmente quando há superpopulação. Ex.: ratos.

 

4) Relações Desarmônicas Interespecíficas:

Organismos diferentes se relacionam com prejuízo pelo menos para uma das espécies envolvidas. Podem ser:

a) Parasitismo

Organismo se alimenta de outro ser vivo, e geralmente é menor que a presa e específico, vivendo em apenas um tipo de hospedeiro. Ex.: nematoides e homem, bactérias e insetos.

 

b) Predatismo

Um animal mata sua presa para se alimentar. Geralmente é maior que sua presa. Ex.: baleia e peixes.

 

c) Competição

Ocorre quando duas ou mais espécies sobre­põem seus nichos ecológicos, a ponto de competirem entre si. Ex.: homem e ratos.

 

d) Amensalismo/Antibiose

É um caso forte de competição, onde uma espécie inibe o desenvolvimento da outra. Ex.: algas que provocam a maré vermelha e matam peixes.

 

e) Esclavagismo

Quando a exploração do trabalho de outras espécies. Ex.: chupim