[GER-LP] 13.1 – Apostila

ADJETIVO (Continuação)

1) Flexão do Adjetivo em Grau:

O grau adjetivo expressa a intensidade da qualidade dos seres, podendo ser: comparativo ou Superlativo (absoluto ou relativo).

O grau comparativo refere-se a uma mesma qualidade entre dois ou mais seres, ou duas ou mais qualidades de um mesmo ser.
Pode ser de igualdade: tão alto quanto (como / quão); de superioridade: mais alto (do) que (analítico) / maior (do) que (sintético) e de inferioridade: menos alto (do) que.

O grau superlativo exprime uma qualidade em grau muito elevado ou intenso.
O superlativo pode ser classificado como absoluto, quando a qualidade não se refere a de outros elementos e analítico quando há acréscimo de advérbio de intensidade ou ainda sintético (-íssimo, -érrimo, -ílimo), como exemplo (muito alto ⇒ altíssimo).

O superlativo pode ser também relativo quando há uma qualidade relacionada, favorável ou desfavoravelmente, a de outros elementos.
Pode ser de superioridade analítico (o mais alto de/dentre), de superioridade sintético (o maior de/dentre) ou de inferioridade (o menos alto de/dentre).

 

ARTIGO

Artigo é uma palavra que colocamos antes dos substantivos para determiná-los e, ao mesmo tempo, indicar-lhes o gênero e o número.

1) Classificação dos artigos:

Artigos Definidos: determinam o substantivo de modo exato, particular. São eles: O, OS, A, AS.

Artigos Indefinidos: referem-se ao substantivo de modo vago, impreciso, geral. São eles: UM, UNS, UMA, UMAS.

Exemplos:

O professor falou com um aluno.
(o ⇒ artigo definido | um ⇒ artigo indefinido)

Obs.: Atenção! O artigo definido restringe o objeto, nesse caso refere-se a um professor específico. Já o artigo indefinido generaliza, amplia o objeto, nesse caso refere-se a qualquer aluno.

 

NUMERAL

Numeral é a palavra que exprime quantidade, número de ordem, múltiplo ou fração.

1) Classificação dos numerais:

Os numerais dividem-se em:

a) Cardinais: indicam uma quantidade de seres.

Exemplo:

Em dois barcos vinham trinta pessoas.

 

b) Ordinais: indicam, numa série, a posição ocupada por um determinado ser.

Exemplo:

Ele foi o terceiro colocado na prova.

 

c) Multiplicativos: indicam o aumento proporcional da quantidade.

Exemplo:

Ele gastou o dobro do que tem.

 

d) Fracionários: indicam a divisão proporcional da quantidade.

Exemplo:

Ele vendeu dois terços do sítio.