[GER-BI] 16.1 – Apostila

ECOLOGIA E ORGANIZAÇÃO DOS ECOSSISTEMAS

Ecologia é a ciência que estuda a relação entre os seres vivos e o meio ambiente. Para esse estudo, algumas definições são importantes. Todos os seres vivos do sistema são formados por átomos, que se organizam em moléculas para formar as células que se reúnem em tecidos, formando órgãos que compõem os sistemas do organismo.

Quando se estuda as relações entre organismos da mesma espécie, estuda-se uma população. A região em que uma espécie é encontrada é chamada de habitat. Toda a atividade de uma espécie é referente ao nicho ecoló­gico que ela ocupa.

O conjunto de populações de espécies diferentes que vivem na mesma região e interagem é chamado de comunidade. Ao se estudar a comunidade e todos os fatores ambientais a que se sujeita, fala-se em ecossistema. Compreendendo esse ecossistema, há a fatores abióticos e bióticos.

Os biomas são ecossistemas terrestres típicos, encontrados em várias regiões do planeta, apresentando plantas e animais característicos, bem como áreas climáticas definidas. A união de todos os ecossistemas compõe a biosfera.

Em resumo, podemos organizar da seguinte maneira:

Átomos → Moléculas → Células → Tecidos → Órgãos → Organismo → População → Comunidade → Ecossistema → Bioma → Biosfera

 

1) Fatores Abióticos: 

Consistem nos fatores químicos e físicos do ambiente, os quais agem sobre os seres vivos, controlando e limitando sua ocorrência. Como exemplo, a temperatura, umidade, lumino­sidade, vento e o solo. De maneira geral, nas regiões tropicais, com temperatura e umidade elevadas, a biodiversidade é maior, pois possibilita o desenvolvimento de grandes florestas.

O vento é importante fator por alterar as temperaturas e umidade do ar, além de atuarem como agentes polinizado­res de plantas. O solo, com sua constituição físico-química também é importante como local de fixação e extração de nutrientes das plantas.