[GER-HU] 9.1 – Apostila

IDADE CONTEMPORÂNEA

Chamamos de Idade Contemporânea os acontecimentos a partir da Revolução Francesa de 1789. Nesta aula vamos abordar dois assuntos importantes, que marcaram intensamente a história, vamos estudar as duas guerras mundiais.

1) Primeira Guerra Mundial (1914-1918):

Entre o final do século XIX e início do século XX, vários impérios se destacam no mundo e lutam para estabelecer a sua hegemonia. Após a Revolução Industrial e o uso das máquinas, tivemos o aumento da produção e isso consequentemente exigiu mais matéria prima e a busca por um mercado consumidor maior. Com várias nações em disputa, isso gerou um clima cada vez mais tenso.

A colonização da África e da Ásia poderia ser a solução para esses conflitos, porém gerou mais atritos entre os que chegaram primeiro e os que chegaram depois.A Alemanha crescia e passou a disputar espaço com a Inglaterra que era a maior nação mundial. Além disso, ainda se envolveu com disputas com a França, Rússia e Império Austro-Húngaro.

Com todos esses acontecimentos, um clima muito tenso passou a rondar a Europa e temos o início de uma corrida armamentista e por alianças, onde nações com interesses em comum se uniam. Foi o caso da Tríplice Entente, com Reino Unido, França e Rússia, e a Tríplice Aliança, com Alemanha, Império Austro-Húngaro e Itália. Em Sarajevo, na Bósnia, Francisco Ferdinando, herdeiro do trono Austro-Húngaro foi assassinado e a Áustria declarou guerra à Sérvia. Em poucos dias as principais nações do planeta estavam em guerra.

A Tríplice Aliança levava alguma vantagem sobre os conflitos e para piorar a situação da Entente, em 1917 os russos abandonaram a guerra. Em Abril desse ano os EUA declararam guerra à Alemanha e a Tríplice Entente, a partir daqui passa a levar vantagem, até que no início de 1918 a Alemanha foi derrotada.

Em 1919, os países vencedores se reuniram em Versalhes e consideraram a Alemanha culpada pela guerra. E então ela sofreu uma série de punições para indenizar os vencedores. Essas punições geram nos alemães um enorme sentimento de vingança, e isso é considerado um dos principais motivos para o início da Segunda Guerra Mundial.

 

2) Segunda Guerra Mundial (1939-1945):

Hitler passou a desrespeitar o Tratado de Versalhes a partir de 1933 e passou a se aproximar de nações como a Itália e o Japão que tinham interesses expansionistas, formando uma aliança que ficou conhecida como Eixo Roma-Berlim-Tóquio.

A Inglaterra e a França que se recuperavam da Primeira Guerra, tentavam ao máximo evitar outra guerra de grandes proporções e para piorar as dificuldades econômicas após a crise de 1929 complicou a situação nesses países e gerou uma insegurança no capitalismo.

Em 1936, Hitler em uma demonstração de força, entra na Guerra Civil Espanhola apoiando o General Francisco Franco, bombardeando Guernica e Madrid. Pablo Picasso pintou um quadro muito famoso, retratando as consequências desta Guerra. Em setembro de 1938, após a conferência de Munique, ou como foi chamada, Política do Apaziguamento, Hitler teve concessões. Essa conferência deveria evitar a guerra, mas Hitler percebeu que essa atitude demonstrava certa fragilidade dos oponentes e passou a invadir territórios.

Após a invasão da Polônia, temos o início do conflito, com França e Inglaterra declarando guerra à Alemanha. A Alemanha novamente é superior no início da guerra, desenvolvendo um sistema de ataque devastador, primeiramente
com um ataque aéreo, depois com tanques e por último a infantaria. Esse sistema ficou conhecido como “guerra-relâmpago” ou Blitzkrieg.

 

a) A virada

Os alemães decidem atacar os russos, maior país do mundo, em pleno inverno. À medida que os alemães avançavam, os russos recuavam e queimavam tudo. Sem abrigo e alimentos, os alemães ficavam fragilizados e decidiram recuar. Nesse
momento os russos contra-atacam e derrotam o poderoso exército alemão. Essa batalha ficou conhecida como a Batalha de Stalingrado.

Outro fator importante para a virada contra os alemães foi à participação dos EUA. A população americana não queria entrar na guerra, porém após sofrer um ataque a Pearl Harbor, em 1941, passa a apoiar a guerra. Um grande problema para a Alemanha, pois o poder militar dos EUA era muito grande.

O Eixo passa a acumular derrotas e perder territórios. Mussolini, da Itália, é retirado do poder. Os alemães não aceitam e mandam seus soldados para a Itália, onde enfrentam os brasileiros, que apoiavam os EUA. Mussolini é preso e executado.

 

b) Dia D

Uma grande força é organizada para libertar a França do domínio alemão. Hitler se suicida e a Alemanha se rende.

 

c) Japão

Mesmo em condições muito difíceis, resistia aos ataques, até o lançamento das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. É o fim da Segunda Guerra.