[GER-BI] 10.1 – Apostila

SISTEMA NERVOSO

Um perfeito funcionamento deste sistema é fundamental para a integridade física, uma vez que é ele o responsável por toda a percepção do ambiente (barulho, cheiro, dor), inter­pretação e reação ao mesmo.

Para esse sistema, existem células especializadas na captação e transmissão dos impulsos nervosos, chamadas neurônios. Eles são formados por um corpo celular de onde parte os dendritos e o axônio, que geralmente é revestido por uma bainha de mielina, que atua como isolante elétrico.

A comunicação entre os neurônio é apenas química, uma vez que não se tocam. Essa região é chamada de sinapse, e é por onde um neurônio é capaz de influenciar a atividade do outro neurônio via uma substância chamada neurotransmis­sor. No neurônio, essa informação química se transforma em um sinal elétrico, que despolariza sua membrana até chegar a outra extremidade, convertendo-se em sinal químico nova­mente, e assim sucessivamente.

1) Composição:

É formado pelo Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico.

Dentro do Sistema Nervoso Central temos a medula e o encéfalo, que é formado pelo cérebro, cerebelo e tronco encefálico. O Sistema Nervoso Periférico é formado pelos nervos cranianos (12 pares) e os raquidianos (31 pares).

2) Sistema Nervoso Central:

a) Encéfalo

⇒ Cérebro: é o centro de comando do corpo, responsável pelos movimentos, pensamentos e memória, e está protegido pelo crânio.

⇒ Cerebelo: responsável pelos movimentos/coordenação motora e equilíbrio do corpo.

⇒ Tronco encefálico: é o que controla as funções vitais do corpo, como os batimento do coração, pressão sanguínea e respiração. Sua função mais importante é justamente a de controlar a consciência, desligando as atividades do cérebro quando dormimos e ligando quando acordamos. Pode ser dividido em:

  1. Mesencéfalo: responsável pelos reflexos visuais (movimenta olhos) e auditivos.
  2. Ponte: faz a regulagem do ritmo respiratório, centro de retransmissão dos impulsos da medula e do bulbo para o córtex cerebral.
  3. Bulbo: é o centro de retransmissão dos impulsos e controla respiração, ritmo cardíaco, vasocons trição, centro do vômito.

 

⇒ Medula: parte do cérebro e percorre por dentro da coluna vertebral, que lhe garante proteção.

 

3) Sistema Nervoso Periférico:

a) SNP Voluntário

Relacionado com os movimentos vo­luntários. Os neurônios levam a informação do SNC aos músculos esqueléticos diretamente.

b) SNP Autônomo

Relacionado com os movimentos involun­tários dos músculos, como o não estriado e estriado cardíaco, sistema endócrino e respiratório. É dividido em Simpático e Parassimpático, os quais possuem funções antagônicas.

Arco reflexo: é uma reação involuntária aos impulsos nervo­sos, que não vão para o cérebro e são respondidos diretamente da medula.

Obs.: As anestesias atuam justamente interrompendo as sinapses, inibindo, portanto, a proliferação do impulso nervoso que determi­naria a sensação da dor.