[GER-BI] 17.1 – Apostila

FLUXO DE ALIMENTOS

Em todo ambiente, a fonte primária de energia é o Sol, que fornece condições necessárias para a realização da fotos­síntese, onde a energia luminosa é convertida em alimento pelos produtores.

São os produtores que iniciam a cadeia alimentar. A partir deles, surgem os heterótrofos, que são os consumidores. Quando se alimentam diretamente dos produtores, são denominados consumidores primários. Os que se alimento deles são chamados de consumidores secundários, e assim sucessivamente.

Tanto produtores como consumidores, quando mortes, sofrem a ação de decompositores (bactérias e fungos), que são responsáveis pela reciclagem da matéria orgânica. Assim, cada um dos componentes dessa cadeia alimentar ocupa o chamado nível trófico, sendo que os produtores ocupam o 1º nível, os consumidores primários o 2º nível, os consumidores secundários o 3º nível, e assim por diante. Importante lembrar que os consumidores podem ocupar diferentes níveis, poden­do ser consumidor primário e secundário, por exemplo.

 

1) Teia Alimentar:

A partir do momento que uma cadeia alimentar se inter-relaciona com outras, tem-se a formação das chamadas teias alimentares. A extinção de uma ou algumas espécies dessas teias causa o chamado desequilíbrio ecológico.